COZINHA

SOCIAL

GASTRONOMIA PERIFERICA
press to zoom
GASTRONOMIA PERIFERICA 3
press to zoom
GASTRONOMIA PERIFERICA 2
press to zoom
1/1

Fotos: Divulgação/internet.

GASTRONOMIA PERIFÉRICA

O Gastronomia Periférica é um negócio social com intuito formar profissionais de cozinha aptos e de acordo com as necessidades do mercado, oferecendo excelência, disciplina e inovação. No âmbito social, o projeto oferece alternativas de mudanças efetivas das realidades pessoais e coletivas, permitindo minimizar aspectos de violência, criminalidade e exclusão, através da criação de um projeto de vida e empregabilidade.

 

Edson Leitte, chef e fundador do projeto, trabalhou em badalados restaurantes em Portugal e São Paulo, e após algumas idas e vindas retornou ao Brasil em 2016. Cursou a faculdade de Serviços Sociais e decidiu que era hora de voltar as suas origens, criou o Gastronomia Periférica para ensinar a comunidade a improvisar na cozinha com qualidade e economia.

 

A princípio, o projeto consistia em oficinas de gastronomia para pessoas de baixa renda. Mas ganhou corpo e hoje conta com uma Escola Periférica de Gastronomia, onde além da formação, ao longo do ano os jovens e adultos participam de estágios direto no restaurante escola e em restaurante indicados pela coordenação da escola. O Gastronomia Periférica também possui outros projetos como: Mão na massa (panificação para jovens entre 18 e 25 anos), Rango (serviço de alimentação para eventos), APP GP (aplicativo de estabelecimentos gastronômicos da periferia), palestras e consultorias.

Atualmente o projeto conta com as professoras: Daniela Meira, Socorro Almeida e Sara Barbosa. E com os fundadores Edson Leitte e Adélia Rodrigues. O Gastronomia Periférica tem como objetivo garantir o direito universal a inclusão social e cultural de jovens e adultos vulneráveis socialmente, através do projeto de vida posto em prática por meio da gastronomia.

 

 

             gastronomiaperiferica.com.br

                       

Ajudando ícone da mão